CULTURA NA CIÊNCIA JOVEM

Apresentações de dança, teatro e música;  e passeio pelas atrações histórico-culturais foram destaque na programação

IMG_9743 IMG_9786

Na 23ª Ciência Jovem, arte, cultura e Ciências Humanas tem espaço, tanto em diversos projetos desenvolvidos pelos grupos, quanto na programação extra. Apresentações de grupos de dança, teatro, música e poesia dão um encanto especial ao intervalo do almoço. E, na manhã deste sábado (11), último dia de Feira, um grupo participou de visita aos principais pontos turísticos do bairro do Recife Antigo.

Guiado pelos monitores de História do Espaço Ciência, Ruth Vital e Ivônio Burégio, o grupo visitou e aprendeu um pouco sobre o Marco Zero, a Torre Malakoff, as muralhas arqueológicas, a Sinagoga Kahal Zur Israel, a Igreja Madre de Deus, o Chanteclair e o Paço Alfândega. Também deu uma passada no Centro de Artesanato para apreciar as das obras confeccionadas pelos artesãos do estado.

Também tem chamado a atenção dos as atrações culturais que se apresentam em palco no intervalo do almoço. Os grupos foram selecionados a partir das inscrições realizadas pelas escolas. E a qualidade das apresentações tem sido ressaltada pelos participantes.

Nesta sexta (10), por exemplo, o grupo de dança do EREM Cônego Olímpio Torres abriu a programação mostrando os principais ritmos de nosso estado. Em seguida, o grupo da ETE Professora Célia Siqueira, de São José do Egito, terra da poesia, juntou música e poemas em uma bela apresentação. Da Escola Municipal Oswaldo Lima Filho, um grupo apresentou “Vida no Mangue”,  uma coreografia cujos movimentos retratam o ecossistema do mangue, incluindo os que nele trabalham.

A crítica à Violência contra as mulheres também teve destaque entre as apresentações da sexta-feira (10). Da Escola Municipal Arquiteto Alexandre Muniz, um grupo interpretou o poema, da Professora Odailta Alves, “Revolução Mulheres da Comunidade”. Já o grupo da Escola Municipal Antônio de Brito Alves apresentou a performance “Violência Doméstica e Social contra a Mulher”.

Neste sábado (11), o destaque são os talentos internacionais. Haverá apresentação de Aldebarán Martínez, do Chile, e Eudélio, do Paraguai. Confira:

SÁBADO, 11

  • 8h às 10h: visita guiada ao Centro Histórico do Recife
  • 10 às 13h: Apresentações e avaliações
  • 13h às 14h: Almoço e apresentações culturais (Canto das Sereias, Aldebarán Martínez e Eudélio)
  • 15h: Cerimônia de encerramento e premiações

 CONFIRA A COBERTURA COMPLETA DA 23ª CIÊNCIA JOVEM

CONFIRA O MANUAL DIGITAL DA CIÊNCIA JOVEM

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *