SOLSTÍCIO DE VERÃO

Fenômeno da astronomia marca o início do verão

Nesta terça (21), começa oficialmente o Verão para os povos do Hemisfério Sul. Às 12:59, este hemisfério estará inclinado cerca de 23,5º na direção do Sol, fazendo com que essa parte do planeta receba mais raios solares e atinja o ponto mais afastado do eixo Leste-Oeste. Marcando o dia o mais longo do ano.

Para quem vive no Hemisfério Norte, a data marca o início do inverno. Acontece assim, o dia mais curto do ano e, consequentemente, a noite mais longa, em termos de iluminação solar. O Brasil, por exemplo, está no Hemisfério Sul, ao passo que os Estados Unidos estão no Hemisfério Norte.

No hemisfério sul, o solstício de inverno ocorre sempre no dia 20 ou 21 de junho. Já no Hemisfério Norte, onde estão os Estados Unidos e a Europa, o solstício de inverno ocorre entre os dias 20 e 21 de dezembro.

Final do ano e verão

No Brasil, o solstício de verão apresenta dias mais longos que as noites, clima quente e chuvas torrenciais, em resultado da rápida evaporação das águas pelo aumento da temperatura. Lembrando que a maior parte de seu território está entre os trópicos, ou seja, o calor que existe durante todo o ano se acentua no Verão. Mas, mesmo aqui, o verão tem características diferentes em cada região.

As festas do final de ano vão ser marcadas pelo clima tropical, contando com um aumento das temperaturas que dura 3 meses (do final de dezembro até o final de março).

Confira:

LIGADOS NA CIÊNCIA- SOLSTÍCIO DE VERÃO

Por Rebeca Furtunato

Comentários estão fechados.