FOTOGRAFE A PRIMAVERA

Na Semana da Astronomia, Espaço Ciência desafia a compartilhar imagens da Primavera, que começa no dia 22

Na próxima quarta, 22 de setembro, começa oficialmente a Primavera para os países do Hemisfério Sul. Nesta data, a partir das 16:20h, acontece o Equinócio de Primavera, que marca o fim do inverno e celebra o renascimento da natureza. Por isso, na Semana da Astronomia, o Espaço Ciência convida todos e todas a produzir fotografias que simbolizem esta estação do ano, para que sejam compartilhadas nas redes sociais do Museu.

As imagens devem ser enviadas para comunicacaoec@gmail.com até quinta-feira (23). Não esqueçam de registrar o nome do autor ou autora da foto e o local onde foi feita a imagem.

As diferentes estações do ano ocorrem por causa da inclinação do eixo da Terra em relação ao plano de sua órbita em torno do Sol. Essa inclinação de 23.5 graus faz com que os raios de Sol atinjam o planeta de forma diferente, alterando significativamente o clima. Durante o giro ao redor do Sol, a Terra passa por quatro momentos bem definidos: os solstícios marcam o início do verão e do inverno enquanto os equinócios marcam a primavera e o outono.

No equinócio, o Sol atinge com maior intensidade as regiões próximas à linha do Equador e o dia tem a mesma duração no hemisfério Norte e no hemisfério Sul. No Norte, o fenômeno marca o início do Outono e, no Sul, da Primavera.

Durante o período da Primavera, que segue até 21 de dezembro,  observa-se, em Pernambuco, temperaturas altas e poucas chuvas, concentradas no Litoral e na Zona da Mata.

A umidade do ar aumenta gradativamente em resultado da evapotranspiração das plantas decíduas. São plantas que perdem suas folhas durante o período de seca, no Verão, e reduzem a transpiração durante o Inverno para evitar a perda de água. Com a chegada da Primavera, elas renovam as folhas e aumentam a transpiração, dando início a um novo ciclo vegetativo.

Com o aumento da temperatura e umidade, do solo e atmosférica, a maioria das espécies de fauna entram no ciclo reprodutivo, que se estende até o mês de janeiro. Com maior oferta de alimentos, algumas espécies de insetos tendem a sair de seus ninhos para perpetuação da espécie. Essa época também é o ápice da polinização: aves, morcegos e insetos que se alimentam do néctar das flores participam na reprodução vegetal para gerar  frutos e sementes.

Comentários estão fechados.