DE OLHO NO CÉU

Confira os eventos astronômicos deste início de 2021 e o que dá pra ver no céu de janeiro

Neste início de 2021, a Lua estará em conjunção com três planetas: Vênus, no dia 11; Mercúrio, no dia 14; e Marte, no dia 21. Também ficará alinhada com as principais estrelas de algumas constelações importantes, como Antares, Aldebaran, Pólux e Régulus. Que tal conhecer um pouco sobre estas estrelas e relembrar a Grande Conjunção de Júpiter e Saturno, ocorrida no último dia 21 de dezembro? E confira abaixo o que você pode ver no céu de janeiro.

O alinhamento entre os dois gigantes gasosos, Júpiter e Saturno, ocorreu no dia do Solstício de Verão para o Hemisfério Sul, 21 de dezembro. Eles ficaram em uma proximidade visual raríssima, que somente tinha acontecido de forma semelhante há 800 anos. Quem não pôde contemplar o fenômeno, agora vai ter que esperar até março de 2080. Mas algumas pessoas – de Pernambuco, Rio de Janeiro, Espírito Santo e até do Japão – mandaram fotos para o Espaço Ciência.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS

Agora, que tal saber um pouquinho mais sobre as quatro estrelas que estarão alinhadas com nossa Lua neste janeiro de 2021?

ANTARES – A estrela estará alinhada com nosso satélite às 23h do dia 09. Trata-se de uma super gigante vermelha da constelação de Escorpião, a 16ª estrela mais brilhante do céu noturno. Uma gigante vermelha é uma estrela que está nos últimos estágios de sua evolução. Elas usaram todo hidrogênio em seus núcleos e não são mais capazes de fazer fusão. Por isso, elas não conseguem mais combater os efeitos de sua gravidade. Então suas camadas mais exteriores se expandem, o crescimento do tamanho da estrela supera o aumento de sua luminosidade e a temperatura diminui.

ALDEBARAN – A estrela mais brilhante da Constelação de Touro estará alinhada com a Lua na madrugada do dia 24. Conhecida como “Olho do Touro”, ela também é uma gigante vermelha.

PÓLUX – No dia 27, às 13h, é a estrela Pólux que estará em conjunção com nosso satélite. Trata-se da estrela mais brilhante da constelação de Gêmeos e a 17ª mais brilhante do céu.  Maior que o Sol, com cerca de duas vezes sua massa e quase nove vezes seu raio, ela também é uma gigante que consumiu todo seu hidrogênio. Em 2006, descobriu-se que há um planeta orbitando esta estrela.

RÉGULUS – A estrela mais brilhante da constelação de Leão, Régulus, estará alinhada com a Lua na madrugada do dia 30. Conhecida como o Coração de Leão, ela tem uma rotação muito rápida, o que lhe confere uma forma alongada, semelhante a de um ovo. Para os antigos povos do Hemisfério Norte, há 4 mil anos, era ela quem determinava o princípio do Verão: quando o Sol começava a erguer-se, Régulus estaria à Leste, próxima à linha do horizonte.

Confira os eventos astronômicos deste mês de janeiro:

0211hTERRA NO AFÉLIO (0.98325 UA)
0312hMÁXIMO DA CHUVA DE METEOROS QUADRÂNTIDAS
066h37mLUA NA FASE MINGUANTE
132hLUA NA FASE NOVA
09
DIA DO ASTRONAUTA
0912h39mLUA NO PERIGEU (367.390 km)
0923hANTARES EM CONJUNÇÃO COM A LUA (5.6º S)
102hMERCÚRIO A 1.6º DE SATURNO
1115hMERCÚRIO A 1.4º DE JÚPITER
1117hVÊNUS EM CONJUNÇÃO COM A LUA (1.5º N)
145hMERCÚRIO EM CONJUNÇÃO COM A LUA (2.3º N)
15
GLOBE AT NIGHT
2018hLUA NA FASE CRESCENTE
216hMARTE EM CONJUNÇÃO COM A LUA (5.1º N)
2110h11mLUA NO APOGEU (404.361 km)
2323hMERCÚRIO EM MÁXIMA ELONGAÇÃO LESTE (18.6º)
242hALDEBARAN EM CONJUNÇÃO COM A LUA (4.7º S)
2713hPOLLUX EM CONJUNÇÃO COM A LUA (3.8º N)
2816h16mLUA NA FASE CHEIA
2823hMERCÚRIO NO PERIELIO
302hREGULUS EM CONJUNÇÃO COM A LUA (4.6º S)

Comentários estão fechados.