CIÊNCIA NA ESCOLA

Diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão, ministra seminário sobre metodologia científica nesta quinta (23)

Em uma parceria com a GRE Sertão Central, o diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão, ministra, nesta quinta (23), um seminário de formação à distância sobre Metodologia Científica e pesquisas em sala de aula. O seminário é voltado, sobretudo, aos educadores do município de Salgueiro, por meio do do Núcleo de Formação Continuada-NFC/CGDE. Mas estará acessível a todos, por meio da plataforma Google Meets, no link abaixo, de 9:30h às 11h. 

PARTICIPE DO SEMINÁRIO

Segundo Pavão, a proposta dá continuidade ao projeto Feira de Ciências em toda parte que, no ano passado, garantiu formação em onze municípios, o que resultou em novas Feiras de Ciência Municipais, a exemplo das de Olinda, Timbaúba e Camutanga. ” “A Feira de Ciência é um forte estímulo à pesquisa na escola. Deve ser desenvolvida no decorrer do ano letivo, integrada ao currículo, sendo sua realização o momento de coroar esse trabalho”, diz Pavão. 

Para ele, a curiosidade científica é inerente aos seres humanos, principalmente crianças e jovens. Só precisa ser estimulada. “Grandes cientistas, como Newton e Einstein, desenvolveram o início de suas ideias quando ainda eram jovens. A escola pode ser o berçário de grandes avanços e de grandes cientistas. E, para isso, os professores têm um papel fundamental”, diz Pavão.

26ª CIÊNCIA JOVEM – A Ciência Jovem, Feira de Ciências pernambucana que completa 26 anos em 2020, é a celebração do esforço das escolas no estímulo à pesquisa. Ele reúne cerca de 300 projetos, de estudantes da Educação Infantil ao Ensino Médio em todo o país e no exterior, além de experiências pedagógicas de educadores. Para estimular a realização das pesquisas desde o início do ano letivo, a Feira realiza as pré-inscrições, que garantem um ponto no resultado final.

Este ano, por conta da pandemia de Covid-19 e para evitar aglomerações, a Ciência Jovem será realizada à distância. “Mas estamos pesquisando as melhores estratégias para que a Feira mantenha a interatividade e espontaneidade que são sua marca nestes 26 anos”, afirma Pavão. As inscrições têm início em agosto mas, desde abril, estão abertas as pré-inscrições de projetos.

PRÉ-INSCREVA-SE AQUI

 

Comentários estão fechados.