PRÉ-INSCRIÇÕES NA CIÊNCIA JOVEM

Período de pré-inscrição de projetos na 26ª CIÊNCIA JOVEM começa hoje e não tem previsão de término

Estão abertas as pré-inscrições de projetos para a 26ª Ciência Jovem – Feira de Ciências de Pernambuco. Embora não signifique a inscrição definitiva dos projetos, o registro antecipado garante um ponto no resultado final. Por conta do Coronavírus e da reclusão necessária para o combate à pandemia, as pré-inscrições permanecerão abertas por tempo indeterminado. “Quem já tiver definido com os estudantes o projeto que será trabalhado, pode ir fazendo a pré-inscrição. Mas estamos cientes de que, sem aulas, muita gente não teve como planejar o projeto. Portanto, só encerraremos as pré-inscrições depois que a situação for normalizada”, explica Eulália Almeida, da Comissão de Organização da Feira.

Tanto os trabalhos desenvolvidos pelos alunos quanto os projetos apresentados pelos professores (Educação Científica) devem realizar a pré-inscrição, por meio do formulário abaixo:

>> FAÇA AQUI A PRÉ-INSCRIÇÃO DE SEU PROJETO

Segundo o diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão, a pré-inscrição é uma maneira de estimular a realização dos projetos durante todo o ano letivo. “Queremos que o trabalho de pesquisa para a Ciência Jovem seja integrado aos conteúdos pedagógicos escolares, de forma a incentivar o ensino experimental de Ciência nas escolas. Sabemos que o calendário escolar foi totalmente modificado em função da pandemia, mas queremos que os projetos sejam pensados e iniciado assim que as aulas forem retomadas ”, diz. As inscrições definitivas devem ser realizadas em agosto por todos os projetos, inclusive aqueles que tiverem feito a pré-inscrição.

A CIÊNCIA JOVEM é uma Feira de Ciências realizada anualmente em Pernambuco por meio do Espaço Ciência – Museu Interativo vinculado à Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado. Uma das mais antigas e representativas do país, reúne centenas de projetos de todos os estados, além de alguns outros países.

Podem participar da feira escolas da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio nas modalidades regular, educação especial e EJA, das redes pública e privada. Cada escola participante pode concorrer com até dois projetos de alunos, em categorias diferentes. Para os projetos de alunos, são cinco categorias diferentes:  Iniciação à Pesquisa, voltada para os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental (1º ao 5º ano); Divulgação Científica, dirigida ao Ensino Fundamental (6º ao 9º ano); Desenvolvimento Tecnológico e Incentivo à Pesquisa, para alunos do Ensino Médio; e Francis Dupuis, destinada aos alunos de outros países.

Já os projetos de professores, categoria Educação Científica, tem como objetivos incentivar a reflexão sobre o processo de ensino-aprendizagem e socializar experiências bem sucedidas. São aceitas inscrições com apenas  um professor por projeto, em formato de relato reflexivo de experiência pedagógica, exposto por meio de pôsteres.

O período para afiliações de Feiras de Ciências à 26ª Ciência Jovem foi encerrado no final de março. Foram 93 afiliadas, de 24 estados do Brasil e de outros quatro países. LEIA MAIS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *