CIÊNCIA PARA TODOS

Município de Vicência fecha, com chave de ouro, a intensa programação da SNCT em Pernambuco

A cidade de Vicência, Zona da Mata Norte, fechou com chave de ouro a intensa programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT) em Pernambuco. Durante estes dias, dezenas de cidades realizaram ações; as Caravanas da Ciência percorreram 14 municípios; trinta exposições foram distribuídas entre polos nas diversas regiões. Encontros e seminários, Feiras de Ciência, exposições, debates e milhares de atividades chamaram a atenção da população para os encantos da Ciência.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS

CONFIRA O VÍDEO

Em Vicência, o destaque foi a II Expovicência, Feira Municipal de Ciências. A mostra reuniu mais de 30 trabalhos de escolas da cidade e dos municípios vizinhos. Estudantes de zonas rurais e da cidade, sobretudo da Educação Infantil e Ensino Fundamental, mostraram o resultado de um ano de pesquisas e projetos voltados para a área de meio ambiente e sustentabilidade. “Educação é investimento. A partir dela se resolvem muitos outros problemas”, ressaltou o prefeito Guilherme Nunes (Guiga).  (LEIA MAIS SOBRE AS FEIRAS DE CIÊNCIA)

Os resultados foram tão bons que a Secretaria Municipal de Educação decidiu dar a todos o prêmio DESTAQUE. “São todos vencedores. Cada projeto mostra o resultado de um trabalho desenvolvido durante o ano inteiro, integrado ao calendário escolar. Mostra a dedicação de nossos professores e a capacidade de nossos estudantes”, afirmou a secretária de Educação, Heliane Silveira.

A festa em Vicência começou no sábado, dia 26 e foi até o domingo, 27. Além da Expovicência, a população foi atraída pelas Caravanas da Ciência, parceria entre Espaço Ciência e UFRPE (projeto Desvendando o Céu Austral). Foram dois dias de diversão e aprendizagem com as dezenas de experimentos interativos do Ciência Móvel. Famílias da zona rural e urbana puderam desfrutar de estrelas, astros e constelações tanto no Planetário quanto nos telescópios, onde conseguiam observar o sol durante o dia e Saturno e Júpiter durante a noite.

Estava lá também a exposição “Bioeconomia: diversidade e riqueza para o desenvolvimento sustentável”. E a meninada pôde confeccionar e lançar seu próprio foguete de garrafa pet, com apoio da equipe do projeto Desvendando o Céu Austral.  “É uma satisfação a gente ver tudo o que é produzido em nosso estado e saber que vai continuar”, disse o diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão.

Nas falas de encerramento, o astrofísico Antônio Carlos Miranda, da UFRPE, fez duas importantes homenagens: ao patrono da Educação, Paulo Freire; e ao aniversariante do dia,  o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, responsável pela criação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Uma fala que foi reforçada pelo presidente do SERTA (Serviço de Tecnologias Alternativas), Abidalaz de Moura: “Vimos aqui que nossas agricultoras são capazes de produzir conhecimento e que a principal escola é a da vida. Lula aprendeu nesta escola”, afirmou.

Com lançamento de foguetes, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia foi oficialmente encerrada em Pernambuco. Mas muitas atividades ainda estão programadas.  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *