ANIVERSÁRIO DA ABCMC

Associação Brasileira de Centros e Museus de Ciências completa 20 anos com  muitos desafios

A ABCMC – Associação Brasileira de Centros e Museus de Ciências completa seu vigésimo aniversário neste mês de julho. Com a missão de agregar instituições na luta pela democratização do conhecimento científico, a associação chega a 2019 com muitos desafios, especialmente em um momento de “redução drástica de recursos para o campo e de visões pseudocientíficas e anticientíficas que tornam a divulgação da cultura científica cada vez mais indispensável”, como destaca a mensagem oficial da instituição.

O Espaço Ciência fez parte da história da ABCMC desde sua fundação, em 15 de julho de 1999. Com o crescimento do número de centros e museus de ciência no Brasil a partir da década de 1980, se impôs a criação de uma entidade que buscasse a articulação dessas instituições. Sob a liderança do Prof. Ernst Hamburger e a participação de líderes da popularização da Ciência no Brasil, a ABCMC surgiu para unir ideias, compartilhar experiências e possibilitar o intercâmbio de recursos e informações. O diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão, foi presidente e vice-presidente da Associação, por mais de uma gestão.

Desde então foram vários Encontros Nacionais, com troca de experiências e reflexões dos associados no Circo da Ciência. Um deles, realizado em 2016, teve como sede o Espaço Ciência. Foram quatro dias de debates e conversas sobre o tema: “Dilemas atuais, desafios e futuro dos centros e museus de ciência”. Os inscritos no encontro em Recife tiveram ainda a oportunidade de participar de um curso de Museologia Total, com Jorge Wagensberb, um dos ícones mundiais da Divulgação Científica, falecido no ano passado.

A ABCMC também garante a publicação de Guias de Centros e Museus de Ciências brasileiros e promove anualmente conferências e mesas-redondas durante as Reuniões Anuais da SBPC e Assembleias para discussão de questões relevantes para o campo da popularização da ciência no Brasil .

Além disso, a associação participa do debate nacional sobre as políticas públicas para a ciência e tecnologia em conselhos e comitês, dialoga com os órgãos governamentais responsáveis por essas políticas e faz parte da comunidade de instituições científicas associadas à SBPC, onde a luta em defesa da ciência e tecnologia é permanente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *