TORNEIO VIRTUAL DE CIÊNCIA

Solenidade nesta sexta (30) premia os melhores classificados em uma disputa em que todos são vencedores

Com a presença de estudantes de escolas das várias regiões do estado, o Espaço Ciência realiza, na próxima sexta (30), a solenidade de encerramento do Torneio Virtual de Ciência. O torneio, iniciado em março, mobilizou quase duzentos grupos do Fundamental 2 e Ensino Médio, em escolas da Região Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertão.  Na sexta-feira, a partir das 9h, serão premiados os três primeiros colocados de cada série e de cada região.

“Todos os participantes estão de parabéns! Independente de ser premiado ou não, a disputa valeu a pena. Os desafios, resolvidos mês a mês, foram uma forma de unir a comunidade escolar, estimular a pesquisa e o conhecimento. E, além de tudo, foi muito divertido”, afirma Arthur Lima, da coordenação do Torneio Virtual de Ciência.

CONFIRA O VÍDEO

CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO

A disputa durou o ano inteiro. Foram sete desafios que, lançados mensalmente, convidavam os participantes a realizarem experimentos, pesquisas e campanhas, que envolviam não apenas a turma, mas toda a escola e, muitas vezes, até a comunidade do entorno.

O primeiro desafio, por exemplo, propôs que os estudantes identificassem um problema relacionado à água e montassem um experimento com propostas de soluções naturais. Os processos de filtragem natural e de reutilização da água foram o mote da maioria das soluções apresentadas.

Todos os desafios tinham de ser filmados pelos participantes, postados no Youtube e os links enviados para a organização do Torneio. Isso gerou também uma disputa nas redes sociais, onde os vídeos eram compartilhados.

Exemplo do envolvimento da comunidade na disputa aconteceu com o terceiro desafio. Inspirados na temática do Dia Mundial do Meio Ambiente, os estudantes foram estimulados a realizar uma campanha de coleta de diversos tipos de resíduos plásticos; separá-los e montar exposição aberta ao público. Além das criativas exposições, muitos estudantes realizaram gincanas para fomentar a discussão sobre sustentabilidade e um grupo chegou a propor à Câmara dos Vereadores um projeto de Lei sobre coleta seletiva.

Os desafios são interdisciplinares e envolvem áreas como biologia, física, robótica, astronomia, química e matemática. Além dos já citados, as propostas envolveram experimentos que estimassem a quantidade de energia solar enviada todo mês para Pernambuco; estatísticas da Copa do Mundo; uso da Robótica para solução de problemas; e lançamento de foguetes.

O sétimo desafio envolveu as Ciências Sociais e Humanas e teve como mote o tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia: “Ciência para redução das desigualdades”. As equipes realizaram pesquisas na comunidade escolar para verificar as desigualdades. A partir dos questionários aplicados pelos alunos, o que se verificou foi que a maioria dos estudantes das escolas participantes do Torneio sobrevive  com renda familiar de menos de dois salários mínimos. Não por acaso, a desigualdade de renda foi apontada como problema principal.

Entre os premiados,  as Escolas do Sertão se sobressaíram no Ensino Médio. Já no Fundamental, as melhores colocações na classificação geral foram distribuídas entre as regiões Metropolitana, Zona da Mata e Agreste.

SAIBA MAIS SOBRE O TVC

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *