DE PERNAMBUCO PARA O MUNDO

Alunos de São Vicente Férrer são premiados no Paraguai e seguem para Colômbia e Peru

Dois projetos de São Vicente Férrer foram premiados na Feria Internacional de Tecnología e Ciencias, no Paraguai. Os trabalhos, das Escolas Adelino Silva e Escola Municipal André Cezário de Albuquerque (EMACA) seguem agora para a Colômbia e para o Peru, respectivamente. Os dois trabalhos foram selecionados na IV EducatecCiencia – Feira de Ciência do município, parceira da Ciência Jovem.

O grupo do 9º ano da Escola Adelino Silva desenvolveu projeto sobre a “Teoria de Fibonacci na vida das abelhas”. Além de pesquisas bibliográficas, o grupo realizou observações e anotações descritivas sobre a presença da matemática na organização das abelhas, em especial sobre a maneira como elas se popularizam e produzem seus favos tendo como suporte o “número de ouro” do matemático Leonardo Fibonacci.

Já no projeto “Obesidade e matemática: uma questão de saúde”, da EMACA,  os estudantes realizaram uma série de ações que verificam a relação entre hábitos alimentares/ausência de exercícios físicos e obesidade. A matemática esteve presente por meio dos cálculos do Índice de Massa Corporal, exames antropométricos, verificação das calorias dos alimentos. Além disso, o grupo participou de palestras com nutricionistas e educador físico; aplicou questionário sobre hábitos alimentares da comunidade; realizou experimentos para medir a presença de carboidratos nos alimentos; organizou caminhadas, brincadeiras e atividades físicas.

Os dois projetos, apresentados no ano passado na Educatecciencia, seguem o tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia 2017: “A matemática está em tudo”. “Ou seja, são ações que mostram o efeito multiplicador das ações da SNCT, que não se restringem ao período de uma semana, mas se incorporam no calendário escolar durante o ano inteiro”, afirma Roberta Cristina, da Coordenação da SNCT-PE e Gerência de Programas do Espaço Ciência. A Educatecciencia, Feira de Ciências de São Vicente Férrer, ocorre durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia como culminância de um processo que dura o ano inteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *