ESTÁ LANÇADO O TERCEIRO TVC

Primeiro desafio do Torneio Virtual de Ciência tem a água como tema

Com a presença de estudantes de escolas como ETE Lucilo Ávila, Torquato de Castro,  Escola Tabajara e Nossa Senhora de Fátima, o Espaço Ciência lançou oficialmente, nesta sexta (9),  o Torneio Virtual de Ciência. As inscrições devem ser feitas, até o dia 13 de abril,  por meio do formulário no link abaixo. Cada escola pode inscrever até cinco equipes: uma em cada série – 8º e 9º anos do Fundamental e 1º a 3º anos do Ensino Médio.

FAÇA AQUI SUA INSCRIÇÃO

O encontro desta sexta (9) marcou ainda o lançamento do primeiro desafio, que segue o tema definido pela Unesco para o Dia Mundial da Água em 2018: “A resposta está na natureza”. O objetivo é estimular estratégias naturais de preservação e restauração ambiental, que podem proteger o ciclo da água e melhorar a qualidade de vida da população. Baseado neste tema, o Espaço Ciência propõe o seguinte desafio:

PRIMEIRO DESAFIO

Identifique em sua escola, comunidade ou região algum problema relacionado à água e monte um experimento que proponha soluções naturais para esse problema.

O processo de realização do desafio deve ser registrado em vídeo e  encaminhado ao Espaço Ciência até 23:59h do dia 20 de abril, exclusivamente pelo e-mail torneiovirtualdeciencia@gmail.com.  No campo assunto, é obrigatório obedecer a sequência: série – Nome da Escola. Todos os links serão postados no facebook do Torneio: acesse aqui.

Os vídeos são avaliados por uma comissão que atribui pontuação de até dois pontos para cada desafio, a partir de critérios técnicos como originalidade, relevância, adequação de conceitos, etc.

Além disso, uma escola de cada série, que tiver o maior número de compartilhamentos no vídeo, postado na fanpage do Torneio, receberá uma pontuação extra de 0,3 pontos – sendo a pontuação máxima limitada a dois.

CONFIRA O REGULAMENTO DO 3º TORNEIO VIRTUAL DE CIÊNCIA

LANÇAMENTO – Na solenidade de lançamento, nesta sexta (9), alunos, professores e gestores de escolas como a Torquato de Castro, Tabajara, ETE Lucilo Ávila e Nossa Senhora de Fátima puderam conhecer e opinar sobre a disputa, que chega à sua terceira edição. “É uma oportunidade de experimentarmos um processo de conhecimento contextualizado, feito de forma divertida, atrativa e inovadora”, disse o professor Alberto Sales, da ETE Lucilo Ávila.

Diretor do Espaço Ciência, Antonio Carlos Pavão lembrou que a curiosidade científica já é inerente aos jovens e precisa ser estimulada. “Somos todos cientistas e precisamos nos descobrir enquanto tais. As primeiras ideias que levaram Einstein a conceber a Teoria da Relatividade surgiram quando ele tinha apenas 14 anos”, ressaltou.

A aluna Bianca Ellen, por exemplo, que participou do Torneio de Ciência no ano passado, adorou descobrir que a Matemática está em tudo: “Todo mundo gosta de cantar. Eu adoro cantar. E descobri que tem matemática na música…”, disse.

Durante o encontro, também houve espaço para sugestões. Gestor da Escola Nossa Senhora de Fátima, Cleberto Ribeiro manifestou preocupação com a pontuação por compartilhamento: “Somos uma escola pequena, sem Internet em uma comunidade pobre. Não conseguimos o mesmo número de compartilhamentos de outros”.

Segundo Arthur Lima, da coordenação do Torneio, este ano a pontuação extra é limitada a 0,3 pontos – um valor pequeno em relação à pontuação técnica que pode ir até 2 pontos. “Estimular os compartilhamentos é uma forma de ampliarmos a visibilidade das pesquisas e experimentos feitos por vocês”, diz Arthur.

CONFIRA A GALERIA DE FOTOS

O TORNEIO VIRTUAL DE CIÊNCIA é  uma competição que dura o ano inteiro e, a cada mês, apresenta  um desafio por meio do site do Espaço Ciência, nas diversas áreas do conhecimento:  Física, Química, Biologia, Matemática, Robótica, Astronomia. Embora cada equipe seja representada por um professor e dois alunos, a turma inteira e diversos professores participam do processo, transformando os conteúdos escolares em divertidas descobertas interdisciplinares.

Os resultados das duas edições já realizadas do TVC mostram que o conceito de ciência que se aprende na prática tem bastante receptividade entre os jovens, sobretudo quando acompanhado do uso de tecnologias que eles dominam, como Internet e redes sociais.

Em 2016 foram 186 escolas inscritas com 6510 alunos. Já em 2017 foram 212 escolas com 7420 alunos. O formato da disputa, com uso das tecnologias digitais, permitiu a interiorização do processo e ampliou a participação. Em ambas as edições, foram mais de 50 municípios localizados nas diversas regiões do estado: Metropolitana, Zona da Mata, Agreste e Sertão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *